Profissões Promissoras em Marketing para 2015

A revista Exame entrevistou, no fim do ano passado, 18 consultorias de recrutamento para investigar quais eram as tendências entre as áreas profissionais promissoras para 2015. Abaixo, puxamos as vagas de marketing que estarão na “crista da onda” para 2015. Confira:

1. Gerente de Desenvolvimento de Negócios: Se o momento é desafiador para a economia e para o mercado, a área de vendas ganha ainda mais destaque para a ampliação dos negócios. Profissionais que vão além da gestão de vendas baseada no portfólio de produtos e serviços são os mais procurados, segundo André Nolasco, da Michael Page. O que faz: Prospecta e lidera projetos de novos negócios a fim de captar novas fontes de receita para a empresa. “O objetivo final é desenvolver novas aplicações para produtos ou serviços, ou ainda, prospectar negócios em mercados ainda não explorados”, diz Nolasco. Perfil: Formação em engenharia, administração de empresas e áreas afins. “É essencial que o profissional desenvolva uma rede de relacionamento com agentes de diferentes níveis em empresas ou instituições”, explica Nolasco.

2. Executivo de Vendas / Gerente / Diretor Comercial: Segundo os especialistas consultados, a área comercial das empresas deve começar a ganhar destaque a partir do 2º semestre de 2015, quando o momento de reestruturações deve chegar ao fim. “Depois de enxugar as estruturas, as empresas ficam mais leves e precisam se direcionar de novo ao mercado”, explica Rafael Souto, da Produtive. Marcelo Olivieri, da Talenses, destaca que o setor de bens de consumo deve contratar profissionais e gestores regionais de vendas, sobretudo no Norte e no Nordeste. O que faz: definem as estratégias de expansão de negócios, planejam vendas, identificam oportunidades de negócios. Segundo Eliane Figueiredo, da Projeto RH, podem até interferir na política de preços e, eventualmente, no lançamento ou descontinuidade de produtos. Perfil: a experiência é o grande diferencial nesta carreira. Segundo Rafael Souto, da Produtive, as áreas de vendas estão cada vez mais especializadas. “São especialistas, não há vez para generalistas. Se o executivo for de telecomunicações, por exemplo, a tendência é que ele atue na área de vendas de telecomunicações”, explica.

3. Profissional de Mídias Sociais: O crescimento do comércio eletrônico no Brasil e a maior preocupação de empresas com o ambiente digital faz com que profissionais de mídias sociais se mantenham em evidência, segundo Rafael Souto, da Produtive. O que faz: Cuida da comunicação em redes sociais e de comércio eletrônico com o objetivo de definir estratégias online. Perfil: Formação em marketing ou comunicação, somada a experiência em ambiente digital e visão estratégica.

4. Profissional de Marketing Digital: “As empresas estão cada vez mais interessadas em frentes digitais, de consolidação de marca e de vendas. Além disso, grandes redes de varejo estão investindo em estrutura de comércio eletrônico”, diz Felippe Virardi, da Talenses. O que faz: O foco é no retorno do investimento (ROI), já que, em ambientes online, é alta a velocidade da tomada de decisão para compra, segundo afirma Virardi. Perfil: Formação acadêmica específica não costuma ser exigida, mas cursos na área digital são desejáveis. Profissionais com bom conhecimento de mercado online e digital e experiência corporativa são mais buscados, segundo o headhunter. Inglês avançado ou fluente é necessário em grande parte das posições.

5. Gerente ou Diretor de Marketing, Branding e Inovação: Foco em inovação e fortalecimento das marcas são ações essenciais para as empresas em um cenário de economia fraca. “O desafio deste profissional é criar formas mais baratas e efetivas de desenvolver produtos ou serviços, bem como comunicar seu valor aos clientes de forma ainda mais veloz e genuína”, diz Katia Navarrete, da Exceed. O que faz: Responsável pela gestão da área de pesquisa e desenvolvimento, branding ou inovação. Seu papel é lançar produtos que fortaleçam a marca e tragam mais rentabilidade. Perfil: Formação em economia, finanças ou administração de empresas, com experiência específica na área.

6. Profissional de Marketing na Área de Consumo & Insights de Mercado: Profissionais da área se destacam porque são estratégicos para avaliar o comportamento de consumo e o momento de mercado, segundo Felippe Virardi, da Talenses. A carreira também é a aposta de Rodrigo Soares da Hays. “Este profissional será fundamental para encontrar formas criativas de aumentar as vendas mesmo num cenário desanimador como o de 2015”, diz. O que faz: pesquisa o mercado e estuda o comportamento do consumidor. Segundo Virardi, é um profissional que trabalha em empresas de bens de consumo, de médio e grande porte, nacionais ou multinacionais. Perfil: a formação acadêmica importa menos do que o senso analítico e a facilidade para construir estratégias. É preciso saber como usar o entendimento do mercado e do consumidor para direcionar as ações da empresa.


A maioria das áreas profissionais do marketing para este ano estão voltadas à tecnologias de informação e comunicação e inovação. Parece que estas duas áreas estão cada vez mais ligadas. Não há marketing sem ligação com a área de tecnologia, quer seja para contato com consumidores, quer seja para gestão de dados para auxílio à decisão.

Um ótimo 2015 para todos!

Anúncios

Participe com sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s